Cresce serviços particulares de saúde no Brasil



Oferta de estabelecimentos particulares teve alta de 5,1% entre dezembro de 2016 e dezembro e 2017, mas preços não diminuíram

Segundo a Federação dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde, Laboratórios de Pesquisas e Análises Clínicas e Demais Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de São Paulo (FEHOESP), o número de estabelecimentos particulares como clínicas de terapia e hospitais teve aumento considerável: 5,1% entre dezembro de 2016 e dezembro de 2017.

O serviço de cuidado em domicílio (Home Care) apresentou o crescimento de 34,9%, sendo o maior da categoria. O serviço serve para aqueles que não querem se deslocar de suas casas para cuidar da saúde, levando os médicos e demais profissionais até ele.

Além disso, cerca de 44.505 novos empregos foram criados, ao mesmo tempo, em estabelecimentos privados. Contrariando a regra de oferta e demanda, contudo, o preço dos serviços não diminuíram, já que a inflação da saúde é maior que a inflação geral.

fonte: http://www.diagnosticoweb.com.br/noticias/mercado-e-negocios/cresce-servicos-particulares-de-saude-no-brasil.html